Bêbado vs Grade



Hora do filme

Divergente
Lançamento: 17 de abril de 2014 (2h19min)

Na futurística Chicago, quando a adolescente Beatrice (Shailene Woodley) completa 16 anos ela tem que escolher entre as diferentes facções que a cidade está dividida. Elas são cinco, e cada uma representa um valor diferente, como honestidade, generosidade, coragem e outros. Beatrice surpreende a todos e até a si mesma quando decide pela facção dos destemidos, escolhendo uma diferente da família, e tendo que abandonar o lar. Ao entrar para a Dauntless, ela torna-se Tris e vai enfrentar uma jornada para afastar seus medos e descobrir quem é de verdade. Além disso, Tris conhece Four, um rapaz mais experiente na facção que ela, e que consegue intrigá-la e encantá-la ao mesmo tempo.



Copa de Elite
Lançamento: 17 de abril de 2014 (1h39min)

O policial Jorge Capitão (Marcos Veras) é um competente capitão do BOP e um ídolo brasileiro. Só que depois dele salvar de um sequestro o maior craque argentino, às vésperas da Copa, acaba virando o inimigo público número 1 da nação. Expulso da corporação e desacreditado pelo povo, Capitão precisa reaprender a trabalhar em equipe para evitar um atentado contra o Papa na final do torneio. É quando entra em cena a empresária de sex shop Bia Alpinistinha (Julia Rabello), um médium (Bento Ribeiro) e sua mãe muito louca (Alexandre Frota).




Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
Lançamento: 10 de abril de 2014 (1h36min)

Não recomendado para menores de 12 anos
Leonardo (Guilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.




Vale a pena conferir os trailers do sucesso enviados por Newton Neto:
X-Men: Days of Future Past


TEENAGE MUTANT NINJA TURTLES

A carapaça serviu MUITO bem - Dirigir e Mensagem Texto


Já fiz muito isso. Hoje estou curado, mas levei um susto grande com o vídeo e como não tenho vida de videogame, agora parei de vez.

Padre surpreende todos durante casamento

 
Casamento, uma das coisas mais maravilhosas da vida. Mas esse padre deixou sua marca maravilhosa durante esse casamento.
 

Danças de A à Z



Anúncio 3D no jornal

Hora de baixar a produtividade

Como diria o famoso profeta Jeremias:
Foi o diabo que criou esse jogo.

Meu recorde é 13 segundos. Quero ver quem bate.

Tem um video no youtube com 31 segundos, mas foi a maior cagada do planeta.


Tattoo na Bahia




"MEURY OF HELP" foi triste!


Pra não perder o embalo, olha mais um vídeo com Alan Miranda.



Apruma disgraçaaaa!


Se quiser conhecer mais videos do +1! Filmes: https://www.youtube.com/user/maisumfilmes

Repórter 5 Segundos - Estupro por causa das roupas

Você conseguiria responder em 5 segundos, por que você acha sobre as mulheres serem estupradas por usarem roupas provocativas?

Sobre banheiro dos cadeirantes!

Conversando com a amiga Thais, estudante de Arquitetura e Urbanismo na cidade de Anápolis - GO, surgiu uma duvida que só a voz do povo (VOCÊS), tem como clarear e mostrar a melhor solução para terminar o projeto chamado "Programa Arquitetônico". A duvida é basicamente voltada a possibilidade de um cadeirante dependente precisar usar o banheiro e só ter acesso ao masculino ou feminino. Não seria justo um banheiro estilo o "espaço família" onde entram os pais e mães com os filhos, mas com a diferença de ser totalmente adaptado para os cadeirantes?


A duvida completa seria:

Sou um cadeirante dependente da minha mulher, não deixo de sair, vamos a cinema. Minha vida é quase toda normal, mas encontro dificuldade na hora de ir ao banheiro, pois foi expulso do banheiro feminino com minha esposa me ajudando, e no masculino os homens sorriem, desrespeitando.


Sou uma cadeirante dependente do meu marido, não deixo de sair, vamos a cinema. Minha vida é quase toda normal, mas encontro dificuldade na hora de ir ao banheiro, pois meu marido tem que entrar de olhos fechados no banheiro feminino e muitas vezes as mulheres chama a segurança e no masculino não entro de forma alguma.


Essas são suposições de muitas das dificuldades de cadeirantes, principalmente os dependentes de auxílio.
Gostaria de saber sua opinião sobre a criação de um banheiro intermediário, exclusivo para cadeirantes, onde os acompanhantes pudessem entrar como nos banheiros família. Não levei em conta os pensamentos de "EXCLUSÃO" ou "SEGREGAÇÃO" dos deficientes. Deixo cada cabeça pensar como quiser.